Publicações > Artigo

Compartilhe

Respostas preliminares das propriedades do solo sob diferentes estratégias de restauração em um “hotspot” tropical

A Mata Atlântica brasileira passou por mudanças adversas no uso da terra devido ao desmatamento para a urbanização e agricultura. Para reverter este quadro, foram realizadas diversas iniciativas para restauração dos seus serviços ecossistêmicos. As áreas desmatadas foram restauradas por meio de intervenção ativa ou regeneração natural. Compreender o impacto dessas diferentes abordagens de reflorestamento na qualidade do solo pode fornecer conclusões científicas e práticas importantes sobre o aumento da cobertura florestal no bioma da Mata Atlântica brasileira. No entanto, estudos avaliando o plantio ativo versus regeneração natural em termos de recuperação do solo são escassos. Este estudo avaliou a dinâmica do solo sob essas duas estratégias contrastantes em um estágio inicial (<10 anos). O reflorestamento foi realizado simultaneamente em terras degradadas anteriormente utilizadas para pastagem de gado e comparado a uma pastagem abandonada como sistema de referência. Foram examinadas as propriedades físico-químicas do solo, tais como: pH, teor de matéria orgânica do solo, umidade do solo, N, P, K, Ca, Mg, Na, Fe, Mn, Cu, Al e textura do solo, e apresentados os custos de ambos os métodos. Foram encontradas diferenças significativas nas áreas restauradas quanto ao pH, teor de Na, Fe, Mn e custo. A umidade do solo foi significativamente maior na pastagem. Esta pesquisa pode contribuir para uma melhor tomada de decisão sobre qual estratégia de restauração adotar para maximizar o sucesso da restauração em relação à qualidade do solo e aos serviços ecossistêmicos nos países tropicais.

O artigo ” Early Response of Soil Properties under Different Restoration Strategies in Tropical Hotspot” publicado no periódico ‘Land’ , é resultado de uma colaboração do IIS com o prof. Jeronimo Sansevero (UFRRJ)  e com a AMLD (Associação Mico Leão Dourado). O trabalho fez parte da dissertação de mestrado da pesquisadora Maiara Mendes.

Valores médios e desvio oadrão das propriedades do solo (0-20 cm) de cada área restaurada e pastagem degradada (controle), Fazenda Dourada, Brasil.

Colaboradores Relacionados (9)

Parceiros Relacionados (1)

Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD)