Políticas Públicas

A tomada de decisões normalmente é voltada a cenários complexos, exigindo muitas vezes um estudo multidisciplinar

que aborde as frentes necessárias para que os governos sigam com suas decisões.

Nossa atuação nesse tema é vasta, já que a maioria dos projetos visa apoiar a formulação de políticas públicas. Dentre eles, destacam-se o Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa (PLANAVEG), que visa criar condições favoráveis para a recuperação da vegetação nativa de no mínimo 12 milhões de hectares até 2030, assim como a participação no Conselho de Coordenação do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica (PACTO), movimento com intuito de restaurar 15 milhões de hectares de Mata Atlântica até 2030, contando com a articulação e engajamento de mais de 300 grupos incluindo governos, ONGs, institutos de pesquisa, universidade e empresas privadas.
Também sediamos a a Consulta Temática sobre Restauração de Ecossistemas para o Quadro Global de Biodiversidade pós 2020, encontro que promoveu o diálogo com base em contribuições científicas e na experiência de representantes de mais de 60 países, visando desenvolver sugestões sobre objetivos, metas e indicadores potenciais, bem como pensamentos sobre monitoramento e relatórios para o quadro global de biodiversidade pós-2020.

Conteudo Relacionado

Colaboradores Relacionados (9)

Parceiros Relacionados (16)

UNEP/WCMC University of Cambridge IIASA University of East Anglia Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo - SMA/SP Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) Centro de Ciências da Conservação e Sustentabilidade do Rio (CSRio) Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Ministério do Meio Ambiente - Governo Federal (MMA) World Wide Fund for Nature (WWF) Fundo Global para o Ambiente Convenção da Diversidade Biológica Fundo Brasileiro para Biodiversidade (FUNBIO) Instituto GAEA International Union for Conservation of Nature