Desenvolvimento Sustentável

As atividades humanas vêm transformando a superfície terrestre de modo que entramos em uma nova era geológica, o Antropoceno. O crescente consumo dos recursos naturais e os impactos decorrentes da exploração destes estão alterando profundamente o funcionamento dos ecossistemas naturais, com efeitos danosos sobre os ciclos biogeoquímicos - como o do carbono, ameaçando a provisão de serviços ecossistêmicos, essenciais para existência e bem-estar humano.

Para reverter esse quadro, é necessário repensar os padrões de desenvolvimento, equilibrando os pilares social, econômico e ambiental. Nesse contexto, os projetos desenvolvidos pelo IIS buscam evidenciar as sinergias entre a conservação da biodiversidade e desenvolvimento socioeconômico, em consonância com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, estabelecida pela ONU, que contém 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), os quais se configuram como um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade.

Os padrões de uso da terra estão no centro dos projetos desenvolvidos pelo IIS, de modo que trabalhamos diretamente em prol do ODS 15 “vida na terra” e do ODS 2 “Fome zero e agricultura sustentável”. Estes dois objetivos são fortemente relacionados ao ODS 15 “Ação Climática”, uma vez que o uso do solo é um dos principais vetores de emissão de gases de efeito estufa e, ao mesmo tempo, um importante espaço de solução para a crise climática, através da restauração de ecossistemas. O manejo sustentável do solo contribui também para o ODS 3 “boa saúde e bem-estar” e para o ODS 6 “Água potável e saneamento”, através de sistemas produtivos mais sustentáveis, como os Sistemas Agroflorestais.

Além dos esforços direcionados às práticas agropecuárias de produção sustentáveis, os trabalhos do IIS abrangem também as cadeias produtivas, fortalecimento do comércio justo e de circuitos curtos de comercialização; relacionando-se também ao ODS 12 “Consumo e produção responsáveis”. Ademais, as práticas de produção e consumo sustentáveis se configuram como uma oportunidade para a geração de empregos verdes e para o crescimento econômico sustentável (ODS 8), os quais conciliam erradicação da pobreza (ODS 1) e direcionando ações para as populações mais vulneráveis, com inclusão social, redução das desigualdades (ODS 10) e empoderamento de mulheres (ODS 5) “sem deixar ninguém para trás”.

Parceiros Relacionados (2)

Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo - SMA/SP Centro de Ciências da Conservação e Sustentabilidade do Rio (CSRio)