Sobre o IIS

O Instituto Internacional para Sustentabilidade (IIS) é uma organização privada brasileira sem fins lucrativos cuja missão é desenvolver soluções transformadoras para um mundo sustentável, com base na Ciência e outros saberes.

Promovemos impacto positivo em políticas públicas, modelos de negócio e tomada de decisão junto a governos, empresas, organizações multilaterais e da sociedade civil.

Nos diferenciamos por termos uma equipe altamente quaIificada, atuarmos nacional e internacionalmente com uma extensa rede de parceiros e por democratizarmos o acesso à Ciência em soluções que geram bens públicos.

Nossos valores são:

Excelência
Somos uma organização de base científica e valorizamos a formação, capacitação e o aprendizado contínuo de nossa equipe de colaboradores. Prezamos pela qualidade de nossas entregas.

Colaboração
Acreditamos que problemas complexos só podem ser resolvidos por meio da cooperação e transdisciplinaridade. Por isso, desenvolvemos soluções sempre em equipe.

Comprometimento
Somos orientados pelo propósito de entregar soluções aos desafios do desenvolvimento sustentável.

Independência
Não somos vinculados a nenhuma instituição, partido ou pessoas, garantindo nossa liberdade de opinião, pensamento e trabalho.

Flexibilidade
Adaptamos nossas soluções às demandas de nossos parceiros e somos flexíveis em nosso jeito de ser e fazer.

Para desenvolver soluções transformadoras para um mundo sustentável, atuamos com os seguintes serviços:

Inteligência espacial para conservação e restauração da natureza
Desenvolvemos métodos e modelos espaciais que indicam prioridades para atuação, considerando diferentes critérios como potencial de sequestro de carbono; conservação da biodiversidade e sua contribuição para a vida das pessoas e custos econômicos.

Modelagem e valoração do capital natural
Trabalhamos com modelagem de serviços ecossistêmicos e valoração ambiental em diferentes contextos, como a proposição de Soluções Baseadas na Natureza para a mitigação e adaptação às mudanças climáticas, definição de indicadores para mensuração e monitoramento da biodiversidade e formulação/avaliação de estratégias net zero e nature positive.

Manejo sustentável do solo
Geramos soluções baseadas em Ciências do Solo como uso do biocarvão (biochar) para otimizar o uso da terra e potencializar benefícios agrícolas e de restauração de ecossistemas. Traduzimos esse conhecimento em prol de uma economia circular e de baixo carbono.

Cadeias de valor da sociobiodiversidade
Atuamos no desenvolvimento de sistemas de produção e uso sustentável da biodiversidade, de soluções para pagamento por serviços ambientais e outros arranjos voltados à geração de renda, com foco em bioeconomia e em cadeias de valor da sociobiodiversidade.

Implementação de soluções em campo
Implementamos e aperfeiçoamos ações para manejo integrado de propriedades rurais e da paisagem, incluindo projetos de conservação e restauração da natureza. Apoiamos e colaboramos com parceiros locais e extensionistas em ações de capacitação e educação ambiental.

Modelagem do uso da terra
Criamos modelos espacialmente explícitos para entender e prever como os territórios podem ser utilizados. Fazemos análises de padrões agrícolas, urbanização, conservação da natureza e outras atividades. Esses modelos ajudam na tomada de decisões para planejamento urbano, gestão ambiental e desenvolvimento sustentável em diferentes escalas.

Apoio à elaboração e aprimoramento de políticas públicas
Trabalhamos diretamente com governos, da escala local à internacional, e empresas no suporte técnico e organizacional para a elaboração de políticas. Fazemos análises do ciclo de políticas públicas, geramos estudos de apoio para tomada de decisão, realizamos mapeamento e engajamento de atores.

Integramos o Centro de Comércio e Meio Ambiente do Fundo de Pesquisa de Desafios Globais,

financiado pelo Fundo de Pesquisa de Desafios Globais (GCRF) do órgão de Pesquisa e Inovação Britânico (UKRI) e liderado pelo Centro Mundial de Monitoramento da Conservação (WCMC), da ONU Meio Ambiente

Integramos a Naturemap Earth Initiative

ao lado do Instituto Internacional de Análise de Sistemas Aplicados (IIASA), da Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU (SDSN) e do Centro de Monitoramento da Conservação Mundial do Meio Ambiente (UNEP-WCMC), com o apoio financeiro da Iniciativa Climática Internacional da Noruega (NICFI)

Participamos e oferecemos subsídios à

Convenção das Nações Unidas sobre Diversidade Biológica (CBD) e Mudanças Climáticas (UNFCCC)

Desenvolvemos, em parceria com o Ministério do Meio Ambiente,

o Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa (PLANAVEG), e faz parte do Conselho de Coordenação do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica (PACTO)

Participamos da elaboração do novo relatório

da Plataforma Intergovernamental de Políticas Científicas sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES)

Lideramos o Relatório Temático sobre Restauração de Paisagens e Ecossistemas

da Plataforma Brasileira de Biodiversidade de Serviços Ecossistêmicos (BPBES)

Somos membros da

Aliança pela Restauração da Amazônia, da
Articulação pela Restauração do Cerrado, do Observatório do Código Florestal e do Observatório do Clima

Colaboradores Internos

Alta Liderença (6)

Gerência Técnica (3)

Escritório de Projetos (5)

Equipe de Restauração e Conservação da Biodiversidade (4)

Equipe de Desenvolvimento Sustentável (6)

Equipe de Ciências do Solo (4)

Equipe de Modelagem Espacial e SIG (6)

Equipe de Comunicação (4)

Equipe Administrativa e Financeira (5)

Colaboradores Externos (1)

Parceiros (107)

Agência Norueguesa de Cooperação para o Desenvolvimento Agroicone Amigos da Terra - Amazônia Brasileira Associação de Agricultores Biológicos do Estado Rio Janeiro (ABIO) Associação de Agricultores do Fojo (AFOJO) Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD) AXA Research Fund AYA Earth Partners Banco Alemão de Desenvolvimento Banco Mundial Caminho da Mata Atlântica (CMA) Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap) Centro de Ciências da Conservação e Sustentabilidade do Rio (CSRio) Columbia University Conservação Internacional - Brasil Convenção da Diversidade Biológica Embrapa Acre Embrapa Agrobiologia Embrapa Solos Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Ernst & Young (EY) Escola Superior de Agricultura EU Support Expertise France FBDS Federal Ministry for the Environment, Nature Conservation and Nuclear Safety of Federal Republic of Germany Florestas do Amanhã Florestas do Amanhã Florida State University Fundação Bosch Fundação Gordon e Betty Moore Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Fundação Renova Fundo Brasileiro para Biodiversidade (FUNBIO) Fundo da Mata Atlântica (FMA) Fundo de Pesquisa de Desafios Globais Fundo Global para o Ambiente GEF Áreas Privadas GIZ IIASA Iniciativa Norueguesa Internacional para o Clima e Florestas Iniciativa para Restauração de Ecossistemas Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) Instituto de Zoologia da ZSL (Zoological Society of London) Instituto do Meio Ambiente de Stockholm Instituto estadual do ambiente (inea) Instituto GAEA Instituto Internacional de Análise de Sistemas Aplicados Instituto PCI Instituto Socioambiental (ISA) International Union for Conservation of Nature Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) Laboratório de Vertebrados do Instituto de Biologia da UFRJ (LabVert) Land Innovation Fund (LIF) Ministério do Meio Ambiente - Governo Federal (MMA) National Wildlife Federation (NWF) Natural Capital Project Natural History Museum Nature Map Newton Fund Advanced Fellowship NGI Pacto pela Restauração da Mata Atlântica Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (BPBES) Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) Prefeitura de Cachoeiras de Macacu Prefeitura de Guapimirim Prefeitura de Magé Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD) Projeto Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica re.green Reserva Ecológica de Guapiaçu (REGUA) Restauração de Ecossistemas Salesforce Santa Fe Institute Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (SEAS) Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (Semas l Pará) Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo - SMA/SP SPRING Swiss Re Foundation Swiss Re Institute SYSTEMIQ The Economics of Ecosystems and Biodiversity (TEEB) The Nature Conservancy (TNC) The University of Arizona Trade, development & the Envirionment Hub Tropical Forest Alliance UCL UKRI UNEP/WCMC Universidade de Agricultura de Cracóvia Universidade de Opole Universidade de Stanford Universidade de Tecnologia de Opole Universidade de Wisconsin (UW) Universidade de York Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) University College London University of Cambridge University of Connecticut University of East Anglia University of Queensland USP World Agroforestry Centre World Resources Institute (WRI) World Wide Fund for Nature (WWF)