Publicações > Artigo

Compartilhe

Science: Uma década para restaurar a Terra

“Uma mensagem de esperança e a promessa de cura da Terra não poderiam vir em melhor hora.”

Nomeado como a Década da Restauração, o período 2021-2030 será decisivo para reverter as degradações de ecossistemas ao redor do mundo através da restauração ecológica. A prática torna os ambientes rurais e urbanos mais resilientes ao aumentar a segurança hídrica, polinização e reduzir os riscos dos desastres naturais. Além disso, apresenta benefícios econômicos, sociais, culturais e para a preservação da biodiversidade.

Felizmente, a ciência da restauração ecológica amadureceu, fornecendo um crescente corpo de evidências e técnicas práticas adaptadas às condições de cada região. Precisamos, no entanto, dar atenção e investimento proporcionais ao seu potencial. Devemos redirecionar recursos econômicos, políticos, culturais e de inovação para atividades restaurativas. Dirigido corretamente, o iminente investimento público na recuperação pós-COVID-19 poderia servir como o catalisador para essa mudança transformadora.

Na publicação “A Decade for restoring Earth” para a revista Sciente, o diretor do IIS, Bernardo Strassburg, comenta sobre as possibilidades dessa nova década e mostra que é possível conciliar a produção agrícola à restauração dos ecossistemas.

Colaboradores Relacionados (1)